Veterinario Sintra
Seguir @vetsintra

Vacinação para cães

A nossa recomendação é que o protocolo de vacinação para cachorros de cães saudáveis tenha início entre as 6 e as 8 semanas de idade, como auxiliar na prevenção contra Esgana, Hepatite Infecciosa Canina, Adenovírus Canino Tipo 2, Coronavírus Canino, Parainfluenza Canina, Parvovírus Canino e Leptospirose Canina.

Como a presença de anticorpos maternos interfere no desenvolvimento da imunidade ativa os cachorros de cães devem ser revacinados a cada 3 ou 4 semanas até pelo menos 12 semanas de idade. Cães com idade acima de 12 semanas devem receber uma dose de vacina polivalente e uma segunda dose, 3 ou 4 semanas depois.

A resposta adequada à vacinação é diretamente ligada à competência imunológica de cada animal. Por isso, antes de iniciar a vacinação nos cachorros o animal deve ser avaliado pelo Médico Veterinário.
Esta primeira consulta dá-lhe o direito a avaliação clínica (exame de estado geral) e da primeira dose de vacina, mesmo que não sejam feitos no mesmo dia. O objetivo desse protocolo é ter certeza de vacinarmos somente cães saudáveis, o que irá refletir decisivamente na resposta imunológica vacinal esperada.

A partir da primeira dose o animal deve retornar mensalmente, pelos próximos 2 a 3 meses, para o reforço da vacina, assim como para a vacina contra a gripe canina (Adenovírus Canino Tipo 2, Parainfluenza Canina e Bordetella Bronchiseptica), e depois de 4 meses de idade, para a vacina em dose única contra a raiva.

Após a vacina da Raiva terá também hipótese de vacinar o seu cão contra a Leishmaniose.
Neste período também receberá todas as informações necessárias de maneio e dos cuidados de medicina preventiva, que serão de extrema importância para a qualidade de vida e a longevidade do seu animal.

A partir daqui o animal será vacinado anualmente.

Cães que vivem em área endémica para leptospirose ou têm contato com roedores devem receber reforço semestral contra leptospirose.


Seguir @vetsintra